Flica 2016

Flica 2016 reúniu grandes nomes da literatura local, nacional e internacional e foi um sucesso.

A programação da 6ª edição da Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), aconteceu nos dias 13, 14, 15 e 16 de outubro, na histórica cidade baiana, localizada a 130km de Salvador, e esteve repleta de grandes nomes da literatura local, nacional e internacional.

Como estreia, tivemos a carioca Mary Del Priore, com a mesa temática “Histórias da Gente Brasileira” mediada pelo Secretário de Cultura do Estado da Bahia, Jorge Portugal. Esta foi uma das novidades da 6ª edição da Flica, onde, pela primeira vez, uma mesa foi totalmente dedicada a um livro.

Na sexta-feira (14), tivemos um bate-papo entre Eduardo Spohr e Scarlet Rose. Mediada por Suzane Lima Costa, a mesa “Do Éden à Finlândia” conduziu o público ao mundo da fantasia.

Miltom Hatoum e João Filho foram as estrelas da mesa “A Voz do Autor”, que aconteceu dia 14, às 15h, com mediação de Mirella Márcia.

Ainda no dia 14, tivemos a mesa “O Mar, um Mapa, a Audácia”, promovendo o encontro entre Ana Maria Machado – homenageada da 6ª edição da Flica – e Mônica Menezes.

Abrindo o fim de semana, no sábado (15), tivemos o encontro entre dois importantes nomes: o colombiano Juan Gabriel Vásquez e o paulista Antonio Prata. Com mediação de Zulu Araújo, a mesa teve o tema: “Histórias de Humor Sutil, Micromundos Familiares e Fratura Generalizada”.

A tarde, a poeta mineira Ana Martins Marques e a poeta e professora baiana Ângela Vilma se encontraram na mesa “Exílios Interiores”, com mediação da também poeta Mônica Menezes.

Ainda no sábado, a mesa “As Águas dos Contrassonetos e os Olhos da Vândala Insubmissão” reuniu Conceição Evaristo e Alex Simões. O papo foi mediado pela poeta baiana Lívia Natália.

Outra atração internacional fechou o sábado, às 20h, na mesa “Entre Cidades Atlânticas”: Kabengele Munanga (Congo). Ao seu lado, a antropóloga e escritora baiana Goli Guerreiro. A mediação ficou a cargo de Zulu Araújo, diretor da Fundação Pedro Calmon.

Por fim, encerrando a Flica 2016, tivemos o Caruru dos 7 Poetas, com os homenageados: Bárbara Uila, Camillo César Alvarenga, Deisiane Barbosa, Ebomi Cici, Fábio Haendel, Giselli Oliveira e Herculano Neto.

Além das mesas, a criançada foi contemplada com mais uma edição da Fliquinha no Cine Theatro Cachoeira. Com curadoria de Mira Silva e Lilia Gramacho, a programação animou a garotada, com contações de histórias, bate-papos e apresentações teatrais e musicais.

[ Confira como foi a Flica 2016 ]