Notícias

Festa literária movimenta e incentiva turismo em Cachoeira

Cachoeira_post-site
Cachoeira_post

Cachoeira e seus atrativos

Em Cachoeira, além da paisagem exuberante e o clima agradável – seja no ambiente ou na receptividade da população local –, os turistas que pretendem passar pelo Recôncavo Baiano entre 29 de outubro e 2 de novembro podem aproveitar muito mais que a natureza. A cidade, que fica a 110 km de Salvador, recebe a Flica, Festa Literária totalmente gratuita que promove a disseminação da cultura por meio de mesas de debates com importantes autores e pensadores nacionais e estrangeiros, programação dedicada às crianças e atrações regadas à música.

A terceira edição consolidou o evento como um dos principais dos calendário turístico e cultural do estado da Bahia, com uma vasta exposição da cidade na mídia local e nacional e também com um intenso movimento de turistas que ocuparam 100% dos leitos dos hotéis da região. Em 2013, cerca de sete mil pessoas circularam no Claustro do Convento do Carmo nos cinco dias. A capacidade era de 300 pessoas sentadas por cada debate, mas em alguns deles, muita gente ficou em pé ou sentada no chão para acompanhar as mesas. Entre as outras atrações da Flica, como Fliquinha e programação musical, além de exposições espontâneas, como a promovida pela Fundação Pedro Calmon, estima-se que circularam 25 mil pessoas, numa estimativa conservadora.

Participaram do evento os brasileiros Demétrio Magnoli, Fabrício Carpinejar, Gláucia Lemos, Luiz Felipe Pondé, o angolano Pepetela, o francês Jean-Claude Kaufman, entre outros. Para esse ano, a novidade é a homenageada do ano, que será a enfermeira e escritora Mãe Stella, o dramaturgo romeno Matéi Visniec e o filósofo lituano Leonidas Donskis, proporcionando a quem vive e passa pela cidade a experiência da pluralidade de opiniões, culturas e raças tão presente e característica do Brasil.

Cineteatro Glória

Cineteatro Glória depois da reforma

Como parte do roteiro histórico para visitar na cidade está o Cineteatro Glória, que foi construído na cidade em 1923, e tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (IPHAN) em 1937, tendo servido à cidade como um importante centro cultural de manifestações cênicas e cinematográficas. É nele, sob o novo nome Cine Theatro Cachoeirano e reinaugurado depois de 20 anos inativo, que acontecerá a Fliquinha. Para os adultos, a Praça da Aclamação é palco de apresentações musicais.

A lista ainda inclui visitação à Ordem Terceira do Carmo; às Igrejas do Carmo, de Nossa Senhora do Rosário do Monte Formoso e de Nossa Senhora da Conceição do Monte; ao Cemitério dos Pretos (Rosarinho) e à Capela de Nossa Senhora D’Ajuda; a um dos 50 terreiros de candomblé que existem na cidade; e o passeio pelo rio Paraguaçu, com sua conhecida e charmosa ponte, Dom Pedro II. Para mais informações sobre locais de visitação e passeios por Cachoeira e região, basta entrar em contato com a Associação de Guias do Recôncavo ou com o Posto de Informações Turísticas do Município.

Associação de Guias do Recôncavo
Alexssandro Simão (Presidente)
Contato: (75) 8245-1045 / (71) 9154-5965
actup-cachoeira@bol.com.br

Posto de Informações Turísticas
Contato: (75) 9933-3904